CONASCON integra GT de Disseminação dos ODS

29/01/2018

 

No último dia 23/01 foi realizada a reunião de instalação do Grupo de Trabalho de Disseminação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Trata-se compromisso assumido no âmbito do Plano de Ação da Comissão Nacional dos ODS (CNODS) aprovado pela Comissão no final de 2017.

No encontro, foram discutidas as diretrizes para a construção do plano de comunicação e mobilização da Comissão Nacional dos ODS. O Grupo de Trabalho é composto por 9 (nove) representações de entidades que fazem parte da Comissão. São eles: Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Secretaria de Governo e Casa Civil representando o Governo Federal, Fundação Abrinq e Visão Mundial representando o terceiro setor, além da CONASCON/UGT, a ABEMA, representando as Unidades da Federação, a Andifes em nome da Academia, a CNM, representando os Municípios brasileiros e a CNI em nome da iniciativa privada.  

Na ocasião, foi debatida a importância de se elaborar uma estratégia de comunicação eficaz que dialogue com os diferentes públicos que são protagonistas da Agenda 2030 no Brasil, bem como possíveis abordagens ao desafio de disseminação da Agenda e um primeiro levantamento de instrumentos e mecanismos disponíveis para tal.

 O Secretário Nacional de Articulação Social, Henrique Villa, que coordenou a reunião, reiterou a prioridade absoluta do tema para o sucesso da agenda dos ODS no País, afirmando que a mesma “é uma oportunidade para a transformação da sociedade brasileira, em diversos campos, que vão da mudança de padrões de consumo à reorientação de formas de convívio social, por exemplo”.

O Secretário afirmou ainda que “todo cidadão brasileiro deve ser co-responsável pela execução da Agenda 2030, agente da transformação ampla que tanto se deseja e para tanto, precisa ter conhecimento pleno do que a Agenda trata e como pode contribuir para o sucesso da empreitada”,  complementou.

Sobre o Plano de Ação da CNODS

 

O Plano de Ação da Comissão foi lançado em dezembro de 2017 e traça um roteiro de prioridades estabelecidas pela CNODS para apoiar a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável por meio de 5 grandes eixos estratégicos: um transversal, de Gestão e Governança da Comissão, e outros 4 finalísticos: de Disseminação; Internalização, Interiorização e Acompanhamento e Monitoramento da Agenda 2030.  Acesse o Plano de Ação na íntegra.


Compartilhe



Categorizado em: ODS,