Nota de pesar pelo rompimento de barragem em Brumadinho-MG

27/01/2019

A CONASCON - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana e Áreas Verdes vem a público manifestar seu profundo pesar pelas consequências do rompimento da Barragem 1 da Mina Córrego Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho, Minas Gerais, no último dia 25 de janeiro.

Manteremos a fé na possibilidade de resgate, com vida, dos cerca de 100 trabalhadores das empresas SODEXO, MANSERVE e PROSSEGUR, terceirizados que prestavam serviços nas instalações da VALE, assim como a de trabalhadores da mineradora.

A gravidade da situação, à semelhança do recente desastre de Mariana (MG), com rompimento da barragem de Fundão, da mineradora Samarco, exige providências imediatas das autoridades governamentais. Caso não seja efetivada a rigorosa apuração das responsabilidades, estará configurado grave desrespeito aos direitos humanos.

É dever do Estado brasileiro a eficaz prestação de ajuda e apoio às vítimas, bem como é inadmissível a omissão contumaz na fiscalização do funcionamento das mineradoras e demais atividades econômicas potencialmente poluidoras.

A diretoria da CONASCON manifesta suas mais sinceras condolências às famílias dos desaparecidos e aos profissionais que perderam suas vidas trabalhando.


Compartilhe