“Sem sindicato, não há democracia”. Com esse slogan, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana e Áreas Verdes (CONASCON) inicia sua campanha de valorização sindical pelo país, que pretende enaltecer o trabalho de base e de defesa dos direitos trabalhistas, com ações publicitárias espalhadas por várias cidades. Para os idealizadores do projeto, a ideia é instigar a população na discussão sobre a sua própria representatividade, já que o sindicato é a única instituição, fora do eixo dos três poderes, com força legal para defender a classe trabalhadora no Brasil.

“O nosso propósito é de trazer as origens do sindicalismo de volta à tona e valorizar o trabalho das instituições de defesa dos direitos trabalhistas. E também é de combate à campanhas de setores patronais que desestimulam a filiação e demonizam os sindicatos”, avalia Moacyr Pereira, presidente da CONASCON.

Moacyr coloca que o impacto do sindicato é na sociedade como um todo, não apenas na classe representada. “Temos um papel social, somos a voz  de toda população que não é detentora dos meios de produção e, sozinha, não consegue reivindicar direitos. Historicamente temos um efeito multiplicador e influenciados nas decisões políticas, como na criação da Constituição de 88 e na defesa das Diretas Já”, completa.

Para André Luiz dos Santos, Analista Político do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), o sindicato faz parte do tripé da democracia, junto com os partidos políticos e uma imprensa livre. “É uma associação que representa esse anseio coletivo. A democracia ficaria capenga, sem essa representatividade. Por isso, acho essa campanha uma excelente iniciativa, fundamental”, explica.

Sobre a campanha, o especialista do DIAP reforça a necessidade desse tipo de ação. “Não conheço outro sindicato que esteja fazendo um trabalho como esse, essencial para novos tempos e para levar à população a importância da manutenção do sindicalismo e do seu papel para sociedade como um todo”, avalia.

 

Quer participar? Envie-nos sua logomarca e personalizamos para sua entidade.

 

Participe.jpg

 

Entre os pontos centrais da campanha, estão peças publicitárias que incentivam a discussão sobre o cumprimento das regras estabelecidas em acordos coletivos, a fiscalização dos valores salariais recebidos na homologação do trabalhador e na cobrança de direitos dentro das empresas.

“Queremos que o trabalhador se pergunte, questione e reflita. Afinal, é para ele que trabalhamos. Estamos entrando numa nova fase do sindicalismo brasileiro, de desafios, e precisamos estar preparados de todas as formas”, finaliza Moacyr Pereira

 

Com o grande alcance das mídias sociais e o baixo custo do marketing digital é possível fazer uma grande mobilização. Participe da campanha, solicite o material digital pelo e-mail: contato@conascon.org.br